P&D Brasil participa de Audiência Pública no Senado para debater os desafios para o desenvolvimento de tecnologias

A audiência foi presidida pelo Senador Hélio José (PSD/DF) e também contou com a participação dos senhores Sérgio Pauperio Serio Filho – Executivo de Relações Institucionais e Oportunidade Social da TOTVS, Sérgio Paulo Gallindo – Presidente da Brasscom, Virgílio Almeida – Secretário da SEPIN/MCTI e Sérgio Cavalcante – Diretor Geral do CESAR.
Para Luiz Gerbase, o fator essencial para o desenvolvimento de uma nação é que o país disponha de tecnologias básicas que não sejam dependentes de decisões tomadas no exterior por governos ou entidades. O presidente da entidade reforçou que a saída para o Brasil é utilizar a sua força intelectual para a geração de desenvolvimento e produção de produtos e serviços com alto valor agregado. É preciso que o país não dependa exclusivamente da força bruta dos músculos para produzir pois, dessa forma, seremos entendidos por outras nações apenas pelo potencial de nosso mercado consumidor. Além disso, Gerbase chamou atenção para a balança comercial desse setor, que é altamente deficitária. O Brasil possui grande demanda de máquinas e equipamentos de TICs, mas a “moeda de troca” do país, como a soja e o açúcar, não é suficiente para cobrir essa compra.
Outros desafios para o desenvolvimento de tecnologias geraram consenso entre os participantes da audiência, como a necessidade de aumento dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento, exportação de produtos com alto valor agregado, formação em escala de mão de obra qualificada, reforma na emissão de patentes, desoneração do setor e da cadeia produtiva, maior cooperação entre o setor privado e universidade e institutos, maiores investimentos em infraestrutura de banda larga, aprimoramento da educação, dentre outros.
A Senadora Ana Amélia e os senadores Cristovam Buarque, Omar Aziz, João Alberto Sousa e Randolfe Rodrigues também participaram da audiência para discutir o assunto. A Comissão de Ciência e Tecnologia da casa sinalizou para a necessidade de programação de novos encontros para a continuidade das discussões.
DSC06542
DSC06519